Projeto Cultura e Cidadania Circula amplia suas ações nas Vertentes

Projeto quer levar diversos movimentos culturais para a região

O projeto Cultura & Cidadania Circula começa suas atividades em Dores de Campos, Prados e São João del-Rei. Suprindo a demanda de atividades culturais diversas, os municípios receberão peças teatrais e sessões de cinema nacional nos dias 24, 26, 27, 28 e 30 de outubro.

O espetáculo “Pam Pam TCHAN!” abre a agenda de atividades do projeto no dia 24, em Dores de Campos, às 15h, na Quadra da Apae, à Rua Francisco Bernardes, 412, Centro. A entrada é gratuita, sujeita à lotação dos espaços, com duração de 55 min e classificação indicativa livre. No dia 30 de outubro, é a vez de São João del-Rei receber o espetáculo, no Conservatório Estadual de Música Padre José Maria Xavier, que fica na Rua Padre José Maria Xavier, 164, Centro, às 15h.

A peça é encenada pela Cia Rotunda de Teatro (Barbacena) e apresenta muito humor, poesia e sensibilidade ao contar a história do grande “Circo Pam Pam TCHAN!”, da bailarina Mariote e dos palhaços Bamba e Lalão; eles  enfrentam diversas dificuldades para impedir os terríveis planos da vilã, a Sra. Sandova, que quer acabar com a alegria do mundo. O espetáculo teve sua estreia em maio de 2018 e é inédito para as duas cidades.

Cinema

A programação segue com quatro sessões de cinema e 11 filmes, todos com entrada gratuita e classificação indicativa livre. O evento Cine Sesc vai trazer as sessões de cinema, que acontecem às 15hs, nos dias 26 de outubro, no Cine Glória, na Avenida Tiradentes, 390, no Centro de São João del-Rei e dia 27 em Dores de Campos, no Ginásio do Dorense Clube, à Rua Lúcia Malta, 52, Centro. Serão exibidos dois filmes nacionais em cada cidade,  “A Luta”, de Bruno Brennec, diretor muriaeense, e “O Menino no Espelho”, do cineasta mineiro Guilherme Fiuza. Mediadas pelos analistas culturais do Sesc em Minas, Frederico Vieira e Jucilene Camargos, as sessões são um programa para  toda a família.

“Em 2016, exibimos o longa “O Que Queremos para o Mundo?”, com a presença do diretor Igor Amin, valorizando a produção mineira e aproximando o público do universo do cinema, que sempre pareceu tão distante de nossa realidade. Barroso e Dores de Campos não possuem salas de cinema e muitas pessoas não têm acesso a salas ou festivais de cinema em outras cidades.”afirma Daniel Vitral, coordenador do projeto.

No dia 28 de outubro, pelo terceiro ano consecutivo, será realizado o evento “Dia Internacional da Animação (DIA)”.  Em 2016 e 2017, o DIA foi exibido em Barroso, mas neste ano, será a vez de São João del-Rei, no Centro Cultural UFSJ, localizado na Praça Dr. Augusto das Chagas Viegas, n° 17, Largo do Carmo, Centro, às 19h.   

Realizado, no Brasil, pela Associação Brasileira de Cinema de Animação (ABCA), o DIA é o maior evento de cinema simultâneo do mundo. Em 2018, mais de 200 cidades em todo o Brasil realizarão no dia 28 de outubro uma sessão especial de cinema. Os curtas exibidos serão:

  • Piconzé | Direção Ype Nakashima | 01 min (trecho do longa metragem)
  • O Homem na Caixa | Direção Ale Borges, Alvaro Furloni e Guilherme Gehr | 19 min
  • Millie | Direção Israel Dilean| 05 min 11 seg
  • Insone | Direção Débora Pinto e Breno Guerreiro  | 2min 19seg
  • Trip | Direção Péricles Ianuch | 2min 44seg
  • La Loba | Direção Julia de Macedo Nicolescu -|3min  09seg
  • 8 Patas | Direção Fabrício Eduardo Rabachim, Gabriel Barbosa, Pietro Leonardo Nichelatti Nicolodi  | 02min 25seg
  • Um Conselho Animador | Direção Thiago Calçado | 37 seg
  • Torre | Direção Nádia Mangolini | 18 min

Além do cinema nacional, filmes indicados ou ganhadores do Oscar, cinema de animação,  documentários e itinerâncias do Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte (FestCurtas BH) são exibidos na  programação do projeto através do DIA. “A proposta é apresentar diferentes formatos e conteúdos, para que o público se identifique com aquele que mais gosta.”, ressalta o coordenador.

Cultura & Cidadania Circula

O projeto Cultura & Cidadania Circula surgiu um Barroso, em 2016, e tem como objetivo “proporcionar atividades culturais de diversas linguagens – teatro, dança, circo, música, audiovisual. Com apresentações artísticas, exibições de cinema e oficinas culturais, de forma descentralizada ao longo do ano e em diversos bairros da cidade a iniciativa tenta suprir a carência de cidades que não possuem equipamentos culturais ou programação regular”, enfatiza Daniel Vitral que acrescenta.“ A ideia do projeto é promover ações de forma contínua. Já temos ações programadas para novembro e dezembro, mas divulgaremos a programação aos poucos. Acompanhem nossas redes sociais”.

Mais informações podem ser encontradas no blog, Facebook e Instagram

Texto/VAN: Lara Aquino
Foto/VAN: Reprodução/Facebook – Cultura e Cidadania Circula

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*