Escritor mineiro Luiz Ruffato é homenageado no último dia do FELIT

O encerramento do festival foi marcado por debates importantes sobre a representação mineira no espaço linguístico


No domingo (30), último dia do Festival de Literatura de São João del-Rei e Tiradentes (Felit), na Sociedade de Concertos Sinfônicos, ocorreram a homenagem ao autor Luiz Ruffato e a conferência
Um Olhar Para o Folclore Mineiro, do historiador Ulisses Passareli. A iniciaativa foi marcada pela presença de membros da Academia de Letras de São João del-Rei.

O homenageado deste ano no festival, o escritor mineiro, Luiz Ruffato,  falou de suas dificuldades ao longo da carreira, devido ao fato de a leitura não ser valorizada no Brasil. Autor do livro “Flores Artificiais”, Ruffato se diz muito honrado com o reconhecimento da organização do evento, pois acredita que  “a leitura transforma as pessoas em cidadãos. O que mais necessitamos neste momento do Brasil é de cidadãos. Por isso, incentivar a leitura é incentivar a cidadania”, frisou.

Na conferência de encerramento das atividades do festival, o historiador Ulisses Passareli abordou a singularidade do folclore mineiro. Ele destacou a importância de se estudar a cultura regional:

– “Estudar a cultura é conhecer a si próprio, saber de onde você veio, quem você é e para onde se quer ir. Falar de cultura popular em uma feira de literatura me deixa muito feliz; é sinal de reconhecimento e valorização”.


Segundo o organizador do evento, Lúcio Teixeira, o sucesso da 12ª edição do Felit se deu pelo envolvimento de escolas públicas e particulares da região nas atividades proporcionadas por um evento dedicado ao incentivo à literatura infantil. Teixeira salienta que “o trabalho é voltado para sensibilização das crianças, estimulando a leitura através da contação oral, imagens e ilustrações”, pontuou.


O Felit ocorreu entre os dias 26 e 30 de setembro, em pontos diversos das cidades de São João del-Rei e Tiradentes, em Minas Gerais.

Texto/VAN: Carla Marques e Emerson William
Foto/VAN: Thauana Gomes

 

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*